segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Espero


Vem depressa,
fica junto,
satisfaz por alguns segundos,
e então
sem aviso, vai embora.
Me deixa, sem paz,
sem descanso,
esperando que um dia,
a felicidade volte.

2 comentários:

Jacqueline disse...

Gostei dos versos...
Parabéns pelo blog!

gabyzinhastar disse...

Adorei o poema.
Beijos